n. 22, maio de 2019
Seção de divulgação científica
Leia o artigo completo aqui.
Processo criativo
Raf
O raf tinha duas versões: uma só com preto e outra colorida. Para poder diferenciar os elementos químicos na versão pb, usei algumas gradações de hachuras.
Na versão colorida do raf, essas gradações deixaram o desenho muito pesado.
Como a revista decidiu seguir com a cor, tirei os cruzamentos nas hachuras e deixei só alguns traços para dar volume.
Versão impressa
Todos os desenhos foram feitos à mão e coloridos no computador.
Voltar ao topo