edição de abril de 2019
seção de divulgação científica
apoio instituto serrapilheira
processo de criação
Os abelhões são uma espécie de abelha silvestre que está desaparecendo. São menos reconhecíveis que a abelha-europeia (que é cheia de listras e menos pêlos no corpo), mas muito mais impressionantes de perto.
Na primeira versão, todas as abelhas voavam em direção a uma única flor de amêndoa, que é citada no texto.
No fim, a flor caiu para deixar a ilustração menos literal.
Os desenhos são feitos com bico de pena e nanquim. Como a tinta amarela é muito clara, usei o laranja para fazer o desenho original. 
No tratamento de cor, aproximei o tom do amarelo mais escuro que eu queria.
A revista é impressa no pólen, um papel um pouco amarelado. Isso escureceu ainda mais as abelhas – elas foram do laranja do original, para o amarelo do computador, para o amarelo-alaranjado da impressão final.
Ao todo foram 15 abelhas distribuídas ao longo do texto e no banner que anuncia a seção de divulgação científica.
A matéria pode ser lida aqui.
voltar ao topo